3 de fev de 2017

Rui anuncia investimentos na abertura dos trabalhos da Alba

FOTO - ALBA.


O reforço da Educação será um dos destaques do planejamento do Governo do Estado neste ano. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa durante a abertura da terceira Sessão Legislativa da 18ª Legislatura da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), em Salvador, nesta terça-feira (2). “Ao longo desses dois anos, percorri mais de 240 escolas, ouvi pleitos dos professores e alunos de que fosse implantada uma coordenação pedagógica em cada escola. Todas as escolas que eu visitei vão passar por reformas físicas ao longo deste ano. E anunciamos agora que, no início deste ano, a Secretaria da Educação está garantindo o remanejamento de 600 professores para que 100% das escolas da Bahia tenham coordenadores pedagógicos a partir do início do ano letivo”.

Rui anunciou também que já autorizou as secretarias da Administração (Saeb) e da Educação a promover a compatibilização das vagas por escola e por matéria para que, até junho, seja publicado o edital de concurso público para professores efetivos na rede estadual de ensino. “Os candidatos podem começar a estudar e se preparar”. 

O governador acrescentou que o Governo Estado está realizando “um grande investimento para melhorar a estrutura física das nossas escolas. Já estão publicados os editais para a construção de 40 novas escolas e unidades. Vamos concluir as que já estavam iniciadas e começar a construção de outras. Para qualificar os estudos, também é preciso uma infraestrutura digna”.

O Governo do Estado vai investir ainda na construção de 41 quadras poliesportivas e no fortalecimento da cultura, em parceria com as secretarias da Educação e de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). “Vamos lançar 80 escolas culturais do Estado, fazendo uma fusão das secretarias de Cultura, de Educação e de Justiça. Cada escola dessa terá um núcleo da Orquestra Sinfônica do Neojiba e os auditórios e teatros dessas escolas estarão abertos ao público, com eventos teatrais, musicais e culturais, transformando essas escolas em espaços abertos para a sociedade”. 

Foto: Manu Dias/GOVBA
(Foto: Manu Dias/GOVBA)

Ferrovia Oeste-Leste

O governador afirmou também que, depois de negociações com o governo federal, está estabelecido que, até o mês de junho, será lançada a licitação de concessão da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol). “Ainda há uma brutal concentração de PIB baiano no entorno da Região Metropolitana [de Salvador]. Por isso, é uma obsessão nossa a conclusão da Ferrovia Oeste-Leste. Fui à China, passei dez dias e conseguimos convencer uma das maiores empresas daquele país a se interessar por este projeto e também na ligação do Oceano Pacífico com o Atlântico”. 

Segundo Rui, no trecho até Caetité, a Fiol já está com 70% das obras executadas. “Eu me comprometi com os chineses, assinei um protocolo que, independente do governo federal, o Estado vai levar a Fiol de Caetité até o Rio São Francisco e, posteriormente, até a divisa [com Tocantins], colocando recursos do Governo do Estado. Já teremos obras este ano no Porto Sul, em Ilhéus, que vai beneficiar também Itabuna e toda a região”. 


Repórter: Raul Rodrigues