Índice demonstra a evolução na performance socioeconômica dos municípios baianos

A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), publica nesta quarta (28) o Índice de Performance Socioeconômica dos Municípios Baianos (IPESE), com série histórica 2010-2013. O índice é uma atualização dos antigos indicadores: Índice de Performance Econômica (IPE) e Índice de Performance Social (IPS). O Ipese é um indicador sintético composto por três dimensões: duas sociais – Educação e Saúde; e uma de natureza econômica – Economia e Finanças. O indicador foi elaborado com a finalidade de ser um instrumento de monitoramento e avaliação de políticas públicas, medindo a capacidade e a qualidade com que um município oferta certos serviços básicos à sua população.
O indicador segue uma escala de resultados que varia entre zero a um. Para efeito de categorização, os índices resultados de cada município são ordenados conforme uma faixa de classificação: desempenho “muito baixo” – indicador abaixo de 0,299; desempenho “baixo” – indicador entre 0,300 e 0,499; desempenho “médio” – entre 0,500 e 0,699; desempenho “alto” – entre 0,700 e 0,899; e desempenho “muito alto” – indicador acima de 0,900.

A dimensão Saúde, que engloba 07 indicadores divididos em dois blocos, teve como os principais destaques Maetinga (0,768 pontos), Jaborandi (0,758), Guanambi (0,742), Dom Macedo Costa (0,742) e Paramirim (0,737). Analisando o comportamento do Índice do Nível de Saúde (INS), observa-se que houve uma pequena melhora. Enquanto que em 2010, 84 munícipios (20,1% do total) apresentavam uma performance classificada como “baixa”, no ano de 2013, do total de municípios baianos apenas 15,3%, ou seja, 64 municípios estavam no nível “baixo” da saúde básica. De 2010 para 2013, houve aumento no número de municípios classificados com performance “média” e “alta”, respectivamente, de 329 para 340 municípios, e de 4 para 13 municípios.
O indicador tem como objetivo nortear o bom emprego de recursos públicos, atentando para as prioridades a serem atendidas no recorrente comprometimento de mitigar as disparidades econômicas e sociais no estado da Bahia.
Para acessar o boletim, clique aqui




Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog