2 de jan de 2017

ABANDONADA, ÁGUAS DE CERAÍMA DEIXAM DE PRODUZIR ALIMENTOS E EMPREGOS EM GUANAMBI


Aquilo que poderia ser a redenção econômica de Guanambi e região, gerando milhares de empregos e renda, hoje vive abandonada e sem nenhuma utilidade. A Barragem de Ceraíma com seus quase 50 milhões de metros cúbitos de água, segue no momento sem nenhum aproveitamento de suas águas por parte dos governos municipal, estadual ou federal. A barragem de Ceraíma tem um passado glorioso de muita riqueza e produtividade. A produção de frutas, verduras, peixes e alimentos nos tempos áureos atingiram mais 1 milhão de toneladas. Para os moradores da comunidade, a seca foi o principal fator que contribuiu para o declínio da irrigação e também um sistema obsoleto de captação e distribuição da água, juntamente com a falta de planejamento agrícola da Codevasf. O lavrador Antônio Moura disse que às águas de Ceraíma poderia gerar milhares de empregos, mais desenvolvimento, mais progresso para a região, oferecendo alimentos mais baratos à comunidade de Guanambi.  Ceraíma tem água e terra, e todas as condições de voltar a ser o celeiro agrícola dessa região. As vantagens e a viabilidade da irrigação são amplamente conhecidas, razão pela qual não justifica a inação do poder público em reunir elementos de políticas que possam impulsionar o seu crescimento. Ceraíma espera que o novo prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães, possa investir e viabilizar o novo projeto de irrigação da comunidade e ter dias melhores.  


Jorge Jornais- O POPULAR