Assessor de deputado Arthur Maia é preso em operação na Bahia

A TARDE

Da Redação



O assessor do deputado federal Arthur Maia (PPS-BA) foi preso nesta quarta-feira, 30, na operação "Manipulação", deflagrada pelo Ministério Público Federal (MPF), pela Polícia Federal (PF) e pela Controladoria-Geral da União (CGU). 
André Luis Costa Donato, que é também ex-secretário municipal de Administração de Guanambi, no interior da Bahia, é suspeito de fraude em licitação e contribuir para o desvio de verbas da saúde de Palmas do Monte Alto, também na Bahia.
Ele foi preso em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. Também foram realizadas buscas e apreensão na residência dele e na de Valdete Rosa Martins Prado, sócia da Limpel Comércio e Representações. Essa empresa foi contratada para fornecer materiais e equipamentos para Postos de Saúde da Família em Palmas de Monte Alto em 2008. Segundo o MPF, a licitação foi fraudada.
A investigação aponta que André Donato foi o responsável pela reunião da documentação para a montagem da licitação. O ex-prefeito de Palmas de Monte Alto, Manoel Rubens Vicente da Cruz, também é investigado, além de cinco servidores municipais.
O assessor já foi condenado pela Justiça Federal em Guanambi por crimes similares. Ainda segundo a investigação, ele estaria, atualmente, envolvido em episódios de fraude em  licitações de prefeituras baianas e desvio de dinheiro público.
A assessoria do deputado Arthur Maia informou que o parlamentar não tem relação com possíveis atividades ilícitas supostamente praticadas pelo assessor, que foi exonerado na manhã desta quarta para que possa se defender na Justiça. 

Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog