5 de jul de 2016

LÍDICE FAZ ALERTA SOBRE PREJUÍZOS PROVOCADOS PELA SECA E COBRA INVESTIMENTOS

05/07 - 17h44m
BAHIA ECONÔMICA

A senadora Lídice da Mata fez, nesta terça-feira (5), no Plenário do Senado, um alerta sobre a seca que atinge 152 cidades da Bahia. De acordo ela, somente no mês de junho, a Defesa Civil do Estado reconheceu 17 municípios em situação de emergência por conta da estiagem.

A parlamentar ressaltou que já são 1,9 milhão de pessoas afetadas, o equivalente a quase 13% da população baiana. “Estamos falando de gente sem água para beber, para cozinhar, para dar de beber à criação, para regar a horta, para irrigar o solo e para produzir”.

Lídice recordou que há dois meses falou no próprio Senado sobre a estiagem que está afetando a vida de milhares de famílias que vivem da agricultura e da pecuária no Oeste da Bahia. “As lavouras das principais culturas do Estado estão ameaçadas, com previsão de queda de 23,2% na safra de soja; de 13,7% na de algodão; e de 30% no milho, segundo o Monitoramento Agrícola de Grãos da Conab – Companhia Nacional de Abastecimento”.

A senadora também demonstrou preocupação com as bacias do rios Paraguaçu e São Francisco, ressaltou as iniciativas do governo estadual, mas cobrou investimentos em infraestrutura para a construção de novas adutoras, especialmente visando à armazenagem e a distribuição de água.