27 de jul de 2016

Caso PT não indique vice, Sílvio Humberto e Capitão Tadeu são nomes do PSB para Alice

Quarta, 27 de Julho de 2016 - 00:00

BAHIA NOTÍCIAS

por Bruno Luiz


Caso PT não indique vice, Sílvio Humberto e Capitão Tadeu são nomes do PSB para Alice
(Á esquerda) Sílvio Humberto e Capitão Tadeu (à direita) | Foto: Montagem / BN

Com a demora do PT em indicar o nome para a vaga de vice na chapa da candidata à prefeita de Salvador, deputada Alice Portugal (PCdoB), o PSB continua cobiçando o posto e já tem seus indicados, caso os petistas declinem da indicação. De acordo com o presidente municipal da sigla, Waldemar Oliveira, os vereadores Sílvio Humberto e o ex-deputado estadual e atual pré-candidato a vereador Capitão Tadeu têm a predileção do partido e serão apresentados aos comunistas. Inicialmente aventada pelo PSB para a vaga, a deputada estadual Fabíola Mansur declinou do convite porque pretende se dedicar a “fortalecer” candidaturas da legenda no interior do estado. Segundo o dirigente municipal, apesar da letargia petista, o partido não aparenta ter dificuldades de apresentar um nome para compor chapa com Alice. Eles disseram que estavam avaliando os nomes, mas me parece que eles não estão com carência de nomes. Eles estão avaliando de três a quatro. Na hora que a vaga for disponibilizada para nós, vamos indicar esses dois [Sílvio Humberto e Capitão Tadeu]”, afirmou Oliveira em entrevista ao Bahia Notícias nesta terça-feira (26). Ainda segundo o dirigente socialista, houve “pressão interna” no PT para que o partido não abrisse mão de indicar o vice da comunista, o que fez o PSB recuar no objetivo postular um nome para o posto. Entretanto, não houve divergência com os petistas por causa do episódio, segundo Waldemar. “De forma alguma. Quando apoiamos a deputada, não cogitamos a indicação do vice”, negou. Para ele, no entanto, a demora do PT não representa prejuízos à campanha de Alice. “Eu não entendo que seja algo prejudicial. Mesmo que a escolha do vice seja uma coisa menor, é melhor que haja demora, mas seja indicado um vice que agregue do que indicar um vice qualquer”, ponderou. Já para as eleições proporcionais, o PSB negocia chapa com PCdoB e Rede. “Nós teremos uma reunião amanhã à noite para discutir a proporcional. Vamos discutir essa possibilidade [de composição com outros partidos]. Caso não consigamos, vamos ter chapa própria”, explicou.