5 de mai de 2016

VALOR CONFIRMA NOVA DELAÇÃO CONTRA AÉCIO




Alvo de dois pedidos de investigação pela procuradoria-geral da República, um por propinas em Furnas e outro por uma operação para abafar o mensalão tucano, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) será alvo de outra delação premiada: a do executivo José Adelmário Pinheiro, ex-presidente da OAS; ele o acusa de receber propinas nas obras da Cidade Administrativa, em Minas Gerais; "O senador Aécio Neves desconhece a existência de declaração do senhor Leo Pinheiro que se refiram a ele. Se de fato houve tal declaração, o senador a repudia com veemência", diz nota do senador, que se associou ao deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para promover um golpe parlamentar no País, após ser derrotado na disputa presidencial de 2014. 247 BRASIL