3 de mai de 2016

Teori Zavascki envia para Sérgio Moro denúncia de suposta propina do PFL baiano

BAHIA NOTÍCIAS


Teori Zavascki envia para Sérgio Moro denúncia de suposta propina do PFL baiano
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou ao juiz Sérgio Moro, da primeira instância da Justiça Federal em Curitiba, a denúncia sobre o suposto pagamento de propina ao PFL baiano durante durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (veja mais). O encaminhamento aconteceu a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já que no depoimento não são citadas pessoas com foro privilegiado, como parlamentares e ministros. O senador Delcídio do Amaral citou em sua delação premiada um possível pagamento de propina entre US$ 9 milhões e US$ 10 milhões para políticos ligados ao PFL (atual DEM) na Bahia. O valor teve origem na compra de uma máquina da empresa Alstom para a Refinaria Landulfo Alves. O parlamentar entregou US$ 10 milhões ao baiano Carlos Lanranjeira, ex-diretor da OAS, a pedido do ex-ministro Rodolpho Tourinho, em transação com a Alstom.