26 de abr de 2016

Quem tem medo das diretas?

TEREZA CRUVINEL

:
"A pesquisa IBOPE, mostrando a preferência de 62% dos entrevistados por uma nova eleição e o apoio de apenas 8% a Michel Temer como solução para a crise, levou água para o igarapé das eleições diretas, um terceiro caminho entre o impeachment sem base jurídica e a posse de um presidente sem legitimidade. A reação do PMDB foi imediata. 'Golpe seria convocar nova eleição. Isso sim, seria uma artimanha, uma manobra diversionista para melar o jogo', disse na noite desta segunda-feira, no programa Roda Viva (TV Cultura), o senador Romero Jucá", aponta a colunista Tereza Cruvinel; segundo ela, "quem tem medo das diretas é quem não tem voto nem candidato"; se as eleições fossem hoje, segundo turno seria disputado entre o ex-presidente Lula e a ex-senadora Marina Silva. 247 BRASIL