27 de abr de 2016

Com Meirelles e Skaff, Temer acena ao mercado e contra o povo


As precoces confabulações do vice-presidente Michel Temer para montar uma equipe e uma plataforma - para o caso de vir a substituir a presidenta Dilma Rousseff - não deixam dúvidas de para quem ele governaria. Até então, os afagos e acenos foram para o mercado financeiro e para os empresários da Fiesp. Aos trabalhadores e à classe média, as sinalizações apontam para o empobrecimento, o fim de proteções sociais e a redução de direitos.


Por Joana Rozowykwiat - PORTAL VERMELHO