10 de dez de 2015

OAB PODE IR AO STF CONTRA MANOBRAS DE CUNHA




Em nota, entidade presidida por Marcus Vinicius Furtado Coêlho condena as manobras do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para obstruir a deliberação do Conselho de Ética sobre o processo de sua cassação; ontem, por ordem da Mesa Diretora da Casa, o presidente do colegiado destituiu o relator do processo; "A OAB está pronta para ir ao STF com uma ação para garantir o funcionamento adequado do Conselho de Ética, caso isso seja necessário", anuncia a Ordem dos Advogados do Brasil, no comunicado; "A palavra da OAB sempre foi relevante nos processos políticos brasileiros. Até aqui a entidade se manteve distante da guerra do impeachment, adiando um posicionamento. Isso começou a mudar nesta manhã", comenta Tereza Cruvinel; nova sessão acorre na manhã desta quinta. 247 BRASIL