Guanambiense MESSIAS PEREIRA DONATO recebe homenagem com nome do Tribunal em Belo Horizonte.


Nascido em Guanambi, no interior da Bahia, no dia 4 de agosto de 1921, Messias Pereira Donato foi advogado, professor, escritor, filósofo, magistrado e jurista brasileiro; graduou-se em Direito na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tendo exercido a magistratura do trabalho em Minas Gerais durante mais de 20 anos[2] , o magistério por 22 anos, como Professor Titular de Direito do Trabalho da UFMG, tendo sido Diretor da Faculdade de Direito.

Bacharelou-se em Direito em 10 de dezembro de 1947, como primeiro aluno de sua turma, sendo distinguido com o “Prêmio Rio Branco”, destinado ao aluno que obteve as melhores notas. Durante o curso teve outras distinções, inclusive como vencedor de concurso nacional de monografias. Foi aprovado em concurso em 1959, e ingressou na Magistratura em 1960 como Juiz do Trabalho – Presidente da Junta de Conciliação e Julgamento de Juiz de Fora – MG, município que, em 1963, lhe concedeu o título de Cidadão Honorário.

Messias é considerado uma importante referência nacional em Direito do Trabalho, inclusive com sua mais recente obra “Curso de Direito Individual do Trabalho” , em sua 6ª Edição, publicada pela Editora LTr, em 2008.  Devido à relevância do seu papel acadêmico e jurídico, a Faculdade de Direito da UFMG concede periodicamente ao bacharelando que obtém a melhor nota em prova da disciplina Direito e Processo do Trabalho, o Prêmio “Messias Pereira Donato” . O reconhecimento para com o nobre guanambiense e cidadão do mundo, é tão grande que em setembro de 2014 durante o Congresso Nacional de Direito Trabalhista – CONAT, realizado em Belo Horizonte, personalidades de renome do Direito Trabalhista foram homenageadas com a “Comenda Messias Pereira Donato”, e na oportunidade, Messias foi aplaudido de pé pelo plenário do Congresso.

Até o final da sua vida, foi profissional ativo na advocacia nacional,  ocupando desde a fundação, a cadeira de nº 20 da Academia Nacional do Direito do Trabalho, integrando ainda várias instituições pelo Brasil e pelo mundo, como: Academia Iberoamericana de Derecho Del Trabajo (Espanha), Instituto Interamericano de Derecho Del Trabajo (Argentina), Academia Mineira de Letras Jurídicas, Instituto de Direito Social Cesariano Júnior (São Paulo), Instituto dos Advogados de Minas Gerais, Associação dos Advogados Trabalhistas de Minas Gerais, Instituto de Direito do Trabalho de Juiz de Fora e Centro Jurídico Brasileiro, de Belo Horizonte, passando a integrar em 2010 a Comissão de Direitos Sociais e Trabalhistas da OAB/MG, sendo ainda membro do Conselho Editorial da Revista Ciência Jurídica do Trabalho, da editora “Ciência Jurídica”.

Em dezembro de 2014, através do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região – TRT-BA, doou à Guanambi, sua biblioteca de Direito do Trabalho com cerca de 3500 títulos, e à época o jurista justificou que era uma forma de homenagear sua terra natal, da qual foi o primeiro advogado.  Em 18 de junho de 2015 foi inaugurada a “Biblioteca Pública Messias Pereira Donato”,  com a presença do presidente do TRT-BA, diversas outras autoridades e dezenas de familiares na sede da Justiça do Trabalho em Guanambi .

Em 11 de maio de 2015, a Câmara de Vereadores de Guanambi, denominou a via onde estão importantes seções judiciárias do município, de Avenida Messias Pereira Donato (antiga Avenida Castelo Branco), e ontem, 30 de novembro de 2015, 8 meses após o seu falecimento, o tribunal que ele atuava em Belo Horizonte lhe presta uma justa homenagem ao colocar o seu nome no edifício onde funciona o mesmo.

Redação GuanambiTv - http://www.guanambitv.com.br/ 
Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog