11 de nov de 2015

Restos mortais

TRIBUNA NA BAHIA - RAIO LASER

FOTO - BLOG DO LATINHA - CASA ONDE JOÃO LEONARDO FOI ASSASSINADO EM PALMAS DE MONTE ALTO.


A Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia aprovou, ontem, a realização de uma audiência pública na Câmara de Palmas de Monte Alto, para levantar informações que leve ao paradeiro dos restos mortais do militante político João Leonardo, morto em suposto confronto com policiais militares em junho de 1975. A proposta do deputado Marcelino Galo (PT) é reunir informações a partir de relatos de moradores que acompanharam o caso na época e tinham alguma relação com João Leonardo. Para ele, isso pode contribuir com as buscas dos restos mortais do militante do Movimento de Libertação Popular, organização dirigida por Carlos Marighela, que foi perseguido pelo Regime Militar.