Encontro do PSB fará balanço de 2015 e discutirá eleições 2016

TRIBUNA DA BAHIA




Evento servirá para fazer um balanço de 2015, conhecer pré-candidatos e pensar em 2016


Visando alinhar os passos, a executiva estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB) na Bahia se reunirá no dia 11 de dezembro, em um grande encontro que promete apontar os primeiros rumos da sigla já em relação às eleições municipais em 2016. Segundo o primeiro-secretário estadual do partido, Rodrigo Hita, o encontro tem um caráter primário. “Será para apresentar os possíveis pré-candidatos, os novos filiados, fazer um breve balanço do ano de 2015 e começar a pensar em 2016”, explicou. Atualmente a legenda possui o comando de 27 prefeituras no interior baiano e outras 27 cadeiras de vice-prefeito. Para Hita, o objetivo do partido é reeleger os atuais gestores e lançar mais candidatos em novas cidades.
“Pensamos em lançar candidaturas nas principais cidades, como Feira de Santana, Vitória da Conquista, Ilhéus, Seabra, mas a nossa prioridade é reeleger os nossos candidatos em cidades onde já fazemos a gestão e quem sabe ampliar esse número”, disse ele. Sobre a caminhada do partido em Salvador e a posição da senadora Lídice da Mata nesse contexto, o socialista desconversou, embora tenha declarado que pessoalmente era a favor de uma candidatura própria. “Tudo vai depender de uma vontade pessoal dela, de uma aglutinação forte, de uma coligação consistente, mas ainda não estamos discutindo isso, são fatores que discutiremos mais pra frente. Em Salvador, o nosso objetivo é eleger o número máximo de vereadores para a Câmara Municipal”, disse.
Dentro desse objetivo soteropolitano está o líder do PSB na Casa Legislativa, vereador Sílvio Humberto, que já decidiu disputar a reeleição. “Vim dos movimentos sociais, sempre fiz política, e essa tem sido uma experiência ótima, a de representar pessoas e ajudar na construção da cidade. A gente precisa de políticos que tenham princípios e eu me encaixo nesse rol”, defendeu.
Sobre o nome de Lídice da Mata, Sílvio Humberto enalteceu a força da candidatura, mas encaminhou a decisão a negociações futuras. “Os eleitores reconhecem a história da senadora e do nosso partido, que sempre se manteve do mesmo lado. Essa credibilidade credencia o PSB ao protagonismo. Vejo um cenário positivo para o nome da senadora, mas temos que ter cautela, a conjuntura tem mudado muito rápido. Precisamos fortalecer as alianças e considerar as propostas”, finalizou.
Disputar a vice não é cogitado no momento
Primeiro secretário do partido, Rodrigo Hita negou que o partido cogite assumir a vaga de vice-candidato em alguma das chapas que podem ser lançadas pelo governador Rui Costa (PT). Para ele, o PSB tem o principal nome para a disputa. “Ninguém cogita ser vice. Disputar a vice é geralmente algo que surge durante as negociações, baseadas em alguns acordos, como aconteceu no passado. Esse não é o nosso foco. Temos o melhor nome para a prefeitura, mas é um assunto para conversas futuras”, esquivou.
Lídice da Mata foi derrotada ao Governo do Estado nas últimas eleições, em 2014, quando encabeçou a chapa que trazia a jurista e ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon, como candidata ao Senado, e a ex-ministra Marina Silva como candidata à presidente, em substituição ao ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, falecido em um trágico acidente aéreo nas vésperas das eleições. Atualmente a senadora faz parte da base de sustentação do atual governador baiano, Rui Costa.
Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog