20 de nov de 2015

CGU - GUANAMBI RECEBE NOTA ZERO EM TRANSPARÊNCIA DAS VERBAS PÚBLICAS

BAHIA NOTÍCIAS
por Alexandre Galvão


CGU aponta que 61 municípios da Bahia têm transparência zero
ministro da Controladoria-Geral da União, Valdir Simão | Foto: Abr

CGU aponta que 61 municípios da Bahia têm transparência zero

Dos 417 municípios da Bahia, 61 não têm nenhum tipo de transparência pública - de acordo com as normas da Lei de Acesso à Informação (LAI). O levantamento foi feito pela Controladoria-Geral da União (CGU) e tem como base a Escala Brasil Transparente (EBT) - A EBT é um indicador que tem o objetivo de avaliar o grau de cumprimento de dispositivos da Lei de Acesso à Informação (LAI). Suas versões 1.0 e 2.0 concentram-se na transparência passiva, sendo essa vertente escolhida pela ausência de métricas de avaliação que contemplem essa nova obrigação advinda da LAI. O dado foi apresentado nesta sexta-feira (20). Entre as cidades com transparência zero estão Cruz das Almas, Dias d'Ávila e Guanambi. Confira aqui a lista completa.







Posição 
Município 
Nota 
 
Variação¹ 
42
Itabuna
 
-
87
Elísio Medrado
+6,39
120
Vitória da Conquista
 
-
174
Salvador
-0,84
 
São José da Vitória
 
-
186
Alagoinhas
 
-
190
Saubara
 
-
246
Serrolândia
+2,78
255
Feira de Santana
 
-
263
Nova Ibiá
 
-
313
São Desidério
 
-
356
Santa Bárbara
+3,06
 
Wenceslau Guimarães
 
-
370
Santa Brígida
 
-
 
Santa Luzia
 
-
 
Seabra
 
-
409
Brejolândia
 
-
 
Buritirama
+0,28
 
Jacaraci
+0,56
 
Presidente Dutra
+0,56
 
Tanque Novo
+0,56
476
Itapitanga
 
-
 
Jussari
 
-
 
Tanquinho
+2,08
483
Paulo Afonso
 
-
 
Santa Inês
=
0,00
 
Wagner
 
-
632
Nilo Peçanha
 
-
651
Dom Macedo Costa
=
0,00
 
Matina
 
-
 
Riachão do Jacuípe
 
-
779
Cristópolis
 
-
792
Anguera
-1,94
 
Antas
 
-
 
Baianópolis
=
0,00
 
Baixa Grande
 
-
 
Barra do Choça
 
-
 
Bom Jesus da Lapa
 
-
 
Brotas de Macaúbas
 
-
 
Caldeirão Grande
=
0,00
 
Canápolis
 
-
 
Cansanção
 
-
 
Capela do Alto Alegre
=
0,00
 
Carinhanha
 
-
 
Catolândia
 
-
 
Catu
 
-
 
Caturama
=
0,00
 
Cordeiros
 
-
 
Coribe
-1,94
 
Crisópolis
 
-
 
Cruz das Almas
 
-
 
Curaçá
=
0,00
 
Dias d'Ávila
 
-
 
Feira da Mata
 
-
 
Formosa do Rio Preto
 
-
 
Gentio do Ouro
 
-
 
Guanambi
 
-
 
Heliópolis
 
-
 
Ibicaraí
-1,94
 
Ibirapuã
-1,94
 
Ibotirama
-1,94
 
Igaporã
 
-
 
Ipecaetá
=
0,00
 
Itagimirim
-1,94
 
Itarantim
-1,94
 
Itatim
 
-
 
João Dourado
 
-
 
Jucuruçu
 
-
 
Laje
 
-
 
Lajedo do Tabocal
 
-
 
Macajuba
 
-
 
Macururé
 
-
 
Medeiros Neto
=
0,00
 
Muquém de São Francisco
 
-
 
Nova Canaã
-1,94
 
Oliveira dos Brejinhos
 
-
 
Paripiranga
-1,94
 
Pé de Serra
 
-
 
Pedro Alexandre
 
-
 
Poções
=
0,00
 
Potiraguá
 
-
 
Presidente Tancredo Neves
 
-
 
Queimadas
 
-
 
Quijingue
 
-
 
Retirolândia
=
0,00
 
Rio do Antônio
=
0,00
 
São Félix do Coribe
=
0,00
 
São Miguel das Matas
=
0,00
 
Sobradinho
=
0,00
 
Umburanas
 
-
 
Várzea do Poço
=
0,00
¹ Variação em relação à primeira avaliação da Escala Brasil Transparen