3 de nov de 2015

CANDIDATURA DE LÍDICE À PREFEITURA DE SALVADOR É DEBATIDA PELO PSB

BAHIA ECONOMICA
03/11 - 08:28hs -

Uma eventual entrada da senadora Lídice da Mata (PSB) na disputa pela prefeitura de Salvador dominou o encontro do diretório municipal da sigla, sábado passado. Reunidos na sede do partido, no Campo Grande, dirigentes e militantes do PSB defenderam que Lídice só coloque o nome no páreo se o Palácio de Ondina assumir sua candidatura como a única da base petista. Ou receba tratamento diferenciado em relação às outras. O que inclui estrutura de campanha sob o guarda-chuva do governo, apoio partidário e, claro, tempo de TV competitivo, por meio de uma coligação direta com o PT, a quem caberia indicar o vice.

Para os principais aliados da senadora, menos do que isso não vale a pena. Sob risco de desgastar a imagem da joia da coroa do PSB baiano em uma eleição considerada difícil, na qual o prefeito ACM Neto (DEM) desponta como favorito a levar a parada ainda no primeiro turno. “Se o governador Rui Costa garantir força-máxima, ela entra de cabeça”, resume um dos mais próximos interlocutores de Lídice.

Ao contrário da sucessão de 2008, quando Lídice acabou como vice do hoje senador Walter Pinheiro, o PT não tem atualmente um candidato forte e puro-sangue para colocar na batalha pelo Palácio Thomé de Souza. Nas pesquisas mais recentes - tanto para consumo interno, quanto para divulgação na imprensa -, a senadora aparece em segundo, bem à frente dos demais pré-candidatos aliados ao PT. (Correio)