13 de out de 2015

STF SERÁ FIEL DA BALANÇA E NÃO PERMITIRÁ PARAGUAIADAS




"Com as liminares deferidas pelos ministros Rosa Weber e Teori Zavascki, o Supremo Tribunal Federal deixou o presidente da Câmara de mãos atadas em relação a processos de impeachment. Mais do que isso: entrou em cena avisando ao articuladores do impeachment da presidente Dilma Rousseff que atuará como freio e contrapeso na disputa, assegurando a ordem institucional e suprindo as lacunas legais existentes sobre o assunto. Elas existem, são importantes e não foram enfrentadas na experiência de 1992", afirma Tereza Cruvinel, colunista do 247; na avaliação da jornalista, "o protagonismo e o compromisso da corte maior com Estado Democrático de Direito podem fazer a diferença entre uma democracia e uma república bananeira"; leia a íntegra de seu artigo. 247 BRASIL