Futebol: Na cola da FBF

A Tarde - Coluna Tempo Presente
No embalo da prisão de José Maria Marin, ex-presidente da CBF, e da renúncia de Joseph Blatter na presidência da Fifa, a secção baiana da OAB protocolou ofício na Federação Baiana de Futebol (FBF) pedindo ao presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues Gomes, os contratos da entidade com a CBF, Fifa e a empresa Traffic Sports nos últimos dois anos. O pedido foi feito com base na Lei de Acesso à Informação.
Traffic Sports é a empresa de J. Hawilla, o empresário brasileiro preso nos EUA que delatou o esquema do rebuliço.
Na Copa, ela andou na Fonte Nova.
Indícios - O ofício foi assinado pelo presidente da OAB-BA, Luiz Viana Queiroz, e pelo presidente da Comissão de Combate à Corrupção, Domingo Arjones.
Arjones diz que há indícios de irregularidades também no futebol baiano.
"Melhor notícia dos últimos tempos! A renúncia de Joseph Blatter ao cargo de presidente da Fifa representa o início de uma nova era para o futebol mundial. Todos os gestores corruptos das confederações, mundo afora, sentirão sua queda como um tsunami"

Romário, ex-jogador e senador do PSB pelo Rio, falando sobre a renúncia de Joseph Blatter

Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog