A 'MORTE' DO RIO SÃO FRANCISCO: Todos os “Chicos” em defesa do rio

  Com gritos de ‘revitalização é preciso, sem água não há vida’ e o ‘rio São Francisco vive’, a população de Bom Jesus da Lapa, cidade localizada no oeste da Bahia, “virou carranca pra defender o Velho Chico”, integrando-se à campanha criada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – CBHSF em alerta à necessidade de revitalização do chamado “Rio da Integração Nacional”. 

SOS pelo São Francisco.



   Aproximadamente 2 mil pessoas – entre estudantes, sociedade civil organizada e ambientalistas – caminharam na manhã de hoje (03.06) até à beira do rio em prol de melhorias deste que é o maior rio genuinamente brasileiro, percorrendo seis estados (MG, GO, BA, PE, AL e SE) mais o Distrito Federal. Na ocasião, palestras socioeducativas, soltura de peixes nativos e plantio de mudas foram realizados em cumprimento ao ato simbólico. 

   De acordo com o coordenador da Câmara Consultiva Regional (CCR) do Médio São Francisco, instância ligada ao comitê de bacia, Cláudio Pereira, a ideia é que o evento – já no seu segundo ano consecutivo - se torne permanente no calendário dos municípios da bacia. “É vital para a sobrevivência do rio estimular a sociedade, afinal, ‘todos somos Chico’” disse, em referência ao slogan da campanha.

    Além de Bom Jesus da Lapa, as cidades baianas de Ibotirama, Malhada, Xique-Xique e Irecê também desenvolveram atividades no dia de ontm. Ao longo da bacia, o CBHSF promoveu ações nas cidades de Lagoa da Prata (MG), Juazeiro (BA), Petrolina (PE), Penedo (AL) e Propriá (SE), todas situadas às  margens do rio São Francisco.

Bahia Já - Imprensa do CBHSF , Bom Jesus da Lapa

Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog