Eduardo Vasconcelos: “Entramos em 2014, o 13 é passado”

Brumado Notícias
Eduardo Vasconcelos: “Entramos em 2014, o 13 é passado”
Para o ex-prefeito da capital do minério o momento é de repensar o que a Bahia está passando. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).
 
Representantes da Rede de Sustentabilidade, partido criado pela ex-senadora Marina Silva, estiveram em Brumado na última quinta-feira (30). Em entrevista ao site Brumado Notícias, eles declararam que o governador Jaques Wagner (PT) rejeitou as indicações dos partidos aliados ao apresentar Rui Costa (PT) como candidato a sua sucessão nas próximas eleições. Para os ativistas políticos, o governador está tentando eternizar o partido no poder. O coordenador financeiro da Rede, Juvêncio Rui, disse que isso é uma incoerência. “Wagner optou por um candidato do PT e não deu oportunidade para os partidos aliados indicarem um candidato. A impressão que ele nos passa é de que só o PT sabe governar e que tem que se perpetuar no poder, mas não é só o PT que sabe governar”, afirmou o coordenador. O ex-prefeito de Brumado, Eduardo Vasconcelos (PSB), também concorda que tem de haver uma alternância no poder. Fazendo referência a senadora Lídice Mata, Vasconcelos disse que o Partido dos Trabalhadores (PT) é passado. “Entramos em 2014, o 13 é passado e temos que repensar o momento que a Bahia está passando”, avaliou o ex-prefeito.
 
Eduardo Vasconcelos: “Entramos em 2014, o 13 é passado”
Eduardo foi apoiado pelo coordenador financeiro da Rede Sustentabilidade, Juvêncio Rui, que ressaltou que o PT quer perpetuar no poder. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).
 
 
Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog