Municípios recebem máquinas para enfrentar a seca



INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA 

A bancada da Bahia destinou 25 milhões para a aquisição de máquinas no Orçamento deste ano. Cerca de 150 municípios serão beneficiados por estes equipamentos.

O governo da Bahia adquiriu 66 máquinas retroescavadeiras e motoniveladoras, que serão entregues nos próximos dias às prefeituras e consórcios municipais que declararam situação de emergência por causa da seca no Estado.

A ação provocada pela Bancada da Bahia, pelos governos estadual e federal faz parte da série de medidas que têm como objetivo atender as cidades assoladas pela maior seca dos últimos tempos no Nordeste brasileiro.

Entre os municípios beneficiados estão Urandi, Varzea do Poço, Senhor do Bonfim, Brumado, Caetité, Itapetinga. Ao todo cerca de 150 municípios serão beneficiados. 

Segundo o deputado federal Daniel Almeida (PCdoB-BA), coordenador da Bancada da Bahia, a chegada das chuvas de inverno atenua um pouco o drama da seca, mas a situação está longe de ser resolvida. “As pessoas continuam em dificuldade. As chuvas ainda são ínfimas e não dá para acumular água nos reservatórios”, afirma.

O deputado aproveita a oportunidade da entrega dos equipamentos para  denunciar a burocracia na distribuição dos recursos. “Não é possível que o Congresso aprove medidas para enfrentar essa situação de emergência e não haja correspondência na ação das instituições, a exemplo do Banco do Nordeste”, afirma. “A burocracia dos órgãos de controle, que não procuram enxergar a situação de emergência que a seca provoca, tem de ser vencida”, denuncia.

O parlamentar faz também um apelo para a aprovação da Medida Provisória nº 565, que trata da liberação de recursos para o enfrentamento da seca no Nordeste e de calamidades no Norte. “Ela expira no dia 5 de setembro. Portanto, temos pouco tempo. Ela ainda não foi votada nesta Casa”, alerta Daniel.


Karlo Dias

Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog