Encontro do PCdoB reúne candidatos e candidatas a prefeito e vice


Portal Vermelho


O Partido Comunista do Brasil reuniu candidatos e candidatas a prefeito e vice de mais de 40 cidades da Bahia, nesta segunda-feira (6/8), para discutir a organização da campanha eleitoral em curso. O encontro aconteceu no Hotel Matiz, em Salvador, e contou com a presença de dirigentes do Comitê Estadual, além de deputados federais e estaduais do partido.


 

O presidente do partido na Bahia, Daniel Almeida, comandou a interação entre os postulantes e iniciou a sua fala defendendo a condução de uma campanha pacífica e criativa. “Nós somos diferentes e podemos fazer diferente. Assim, o 65 vai ‘bombar’ nessas eleições”. Ele comemorou, também, o crescimento do PCdoB nas eleições municipais de 2012.

Desde 2008, o PCdoB vem aumentando sua participação nas eleições municipais e em cidades importantes do estado. Este ano, são 44 candidatos a prefeito e 63 a vice, a maioria deles com chances reais de vitória. “A nossa estratégia é expandir o PCdoB. Sabemos que essa é uma ousadia muito grande, mas esses números representam o nosso êxito”, declarou Almeida.

Além da capital, outros municípios importantes da Bahia estão representados por comunistas, a exemplo de Guanambi, Paulo Afonso, Juazeiro, Simões Filho, entre outros. Na ocasião, o deputado Fabrício Falcão comentou a alavancada do partido: “O PCdoB cresce não só em quantidade, mas também em qualidade. Hoje, nós temos nomes capazes de mudar a vida das pessoas”.

Os postulantes foram representados, na mesa, pela candidata a vice-prefeita de Salvador na chapa de Nelson Pelegrino (PT), Olívia Santana, que conclamou os presentes a apostar na campanha feita corpo a corpo, nas ruas. “Eleição se ganha é nos braços do povo”, defendeu. Olivia também aproveitou para comentar a primeira pesquisa de intenção de voto, em que seu adversário (ACM Neto – DEM) aparece em primeiro lugar, com 40% dos votos.

“Se a gente acreditasse em pesquisa, Wagner não seria o nosso governador [citando a vitória de Jaques Wagner em primeiro turno, em 2006, contrariando as pesquisas]. O lado positivo dessa pesquisa é que, a partir dela, o nosso exército está se levantando para agir”, explicou a candidata a vice.

O governador Jaques Wagner foi representado pelo secretário de Relações Institucionais, Paulo Cézar Lisboa, que falou do protagonismo político que o partido comunista assume no projeto de Lula e Wagner. “Há uma visível mudança no PCdoB, que agora não estabelece suas bases somente nos centros mais urbanizados. O partido está se expandindo é uma peça fundamental do nosso projeto”, afirmou.

Ao final do encontro, os candidatos presentes puderam apresentar as demandas e compartilhar as experiências em uma tribuna. Cada um recebeu um kit com materiais de campanha, oferecido pelo partido, com a marca do 65, para fortalecer os trabalhos de convencimento do eleitor nos mais de 100 municípios em que disputa as eleições.

De Salvador,
Erikson Walla


Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog