FHC termina como sempre quis ser: bibelô da elite



O ACM conhecia o “bibelô da elite”

O ACM conhecia o “bibelô da elite”

As colonas (*) sociais dos dois órgãos do PiG (**) de São Paulo, onde a elite branca é separatista, publicam fotos do Farol de Alexandria com aquele “sorriso de aeromoça”, como o identificava o ACM.

O “Príncipe dos Sociólogos”, o cérebro por trás do PUM (***) do PiG (**) termina como sempre quis ser: como bibelô da elite branca (e separatista, no caso de São Paulo).

O triste fim de Policarpo Quaresma.

Paulo Henrique Amorim

(*)Não tem nada a ver com cólon. São os colonistas do PiG (**) que combatem na milícia para derrubar o presidente Lula. E assim se comportarão sempre que um presidente no Brasil, no mundo e na Galáxia tiver origem no trabalho e, não, no capital. O Mino Carta costuma dizer que o Brasil é o único lugar do mundo em que jornalista chama patrão de colega. É esse pessoal aí.

(**)Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

(***) PUM é Pensamento Unificado da Mídia.

Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog